Turismo de Lazer e Pedagógico

Turismo de Lazer

Visitar a Fazenda Babilônia, nas imediações de Pirenópolis, é uma rara oportunidade de conhecer a gastronomia, a cultura e a arquitetura do Goiás antigo.

image

image

Trata-se de um delicioso salto no tempo, diretamente para o Ciclo do Ouro em um Goiás que já não existe. Construída em fins do século XVIII, a Fazenda Babilônia é tombada pelo IPHAN como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Suas construções, totalmente preservadas, proporcionam um dos mais reconhecidos roteiros de turismo temático da região. Logo na entrada da fazenda, o cenário com muros de pedras, construídos pelos escravos, já fornecem uma amostra da grandiosidade de toda sua historia.

Em seu interior toda estrutura da edificação está fielmente preservada. São várias salas com objetos e utensílios da época, distribuídos harmonicamente. Neste ambiente, cercado pela magia do tempo, está a encantadora capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição.

No varandão, é servido o mais famoso Café Sertanejo do Centro-Oeste, com iguarias inigualáveis, preparadas com receitas coloniais passadas de geração a geração. Para que os visitantes usufruam de uma gastronomia única, todo preparo busca a máxima fidelidade àquela época em que as distâncias eram medidas com queijo e rapadura, e a fartura na mesa era regada a uma boa e alegre prosa.

Vale lembrar que todos os pratos são preparados no momento da chegada à fazenda, garantindo assim o sabor e a qualidade de todos os itens.

image

image

Os grupos são recebidos pela proprietária que inicialmente ministra uma rica palestra sobre a História da Fazenda Babilônia e de toda região, tendo como figuras ilustrativas o próprio casarão sede do antigo engenho.

Na sequencia é realizado um tour em todo interior da fazenda, quando acontece a apresentação e explanação sobre a estrutura da edificação, o acervo da capela e sobre os objetos e utensílios distribuídos nas diversas salas do casarão e varanda.

Após esta etapa é servido o tradicional café sertanejo, composto de vários itens da culinária antiga do estado de Goiás. Os pratos típicos da época são acompanhados com explicação de suas receitas, a forma de armazenamento e conservação.

Encerrada as atividades pedagógicas o grupo se reúne na área do redário junto ao monjolo para descanso, onde é possível observar a convivência harmônica entre os animais da fazenda.

Para melhor atendimento, é necessário o agendamento com antecedência.

Quintais de Goiás